Quando os Filhos Voam… Texto de Rubem Alves

rubens-alvesSei que é inevitável e bom que os filhos deixem de ser crianças e abandonem a proteção do ninho. Eu mesmo sempre os empurrei para fora.Sei que é inevitável que eles voem em todas as direções como andorinhas adoidadas.

Sei que é inevitável que eles construam seus próprios ninhos e eu fique como o ninho abandonado no alto da palmeira…

Mas, o que eu queria, mesmo, era poder fazê-los de novo dormir no meu colo…

Existem muitos jeitos de voar. Até mesmo o vôo dos filhos ocorre por etapas. O desmame, os primeiros passos, o primeiro dia na escola, a primeira dormida fora de casa, a primeira viagem…

Desde o nascimento de nossos filhos temos a oportunidade de aprender sobre esse estranho movimento de ir e vir, segurar e soltar, acolher e libertar. Nem sempre percebemos que esses momentos tão singelos são pequenos ensinamentos sobre o exercício da liberdade.

Mas chega um momento em que a realidade bate à porta e escancara novas verdades difíceis de encarar. É o grito da independência, a força da vida em movimento, o poder do tempo que tudo transforma.

É quando nos damos conta de que nossos filhos cresceram e apesar de insistirmos em ocupar o lugar de destaque, eles sentem urgência de conquistar o mundo longe de nós.

É chegado então o tempo de recolher nossas asas. Aprender a abraçar à distância, comemorar vitórias das quais não participamos diretamente, apoiar decisões que caminham para longe. Isso é amor.

rubemalves1

 

 

65 Respostas para “Quando os Filhos Voam… Texto de Rubem Alves

  1. PR. ESTEVAO DOMINGOS

    Irmão Eliezer, excelente texto. O maior alento, creio, é saber que Deus haverá de cuidar dos nossos filhos como cuidou e cuida de nós. Abraço! Pr. Estevão Domingos.

  2. Lindoo texto. Eu já imagino desde já isso tudo um dia acontecendo na minha vida. Tenhos dois pequenos e sei que vão crescer, ganhar asas e voar como eu mesma fiz. Meu Deus! Já me dá arrepios de saudades só em pensar em tudo isso. Por isso que todos falam que temos que aproveitar todos os momentos dessa primeira fase. Amo dormir com meus pimpolhos grudados em mim.

  3. Boa Tarde!!!

    Muito interessante esse texto! Infelizmente .. não estou preparada para deixar os meus filhos voarem…!!!! Estou me preparando dia a dia.. Tenho que me
    policiando a cada ausência de cada um deles. Já tive a primeira experiência, quando o meu filho, teve que fazer um Curso nos USA… durante vários meses.. Foi muito difícil e foi suportável, pois falava todos os dias através da famosa tecnologia.

  4. Muito lindo é pertinente . No meu caso que tenho três lindo e bem sucedidos filhos e quatro netos ainda não me acostumei a ter de recolher monjas asas mas tenho me esforçado para exercer isto . Obrigada .

  5. Lindo demais! VERDADEIRAMENTE VERDADEIRO.É isso!

  6. Que Tudo…bem assim mesmo….eu amo de paixão Rubem Alves….na minha caminhada academica ele foi uma referencia muito forte… eu e maridão temos uma filha de 33 anos e uma de 25 anos as duas já casadas….a mais velha tem 2 meninos Daniel com 4 anos e Mathias com 3 anos….a caçula ainda não pretende ter bebe….mas é real…parece que nosso ninho tem cola… no inicio foi muito dificil a saida de nossa filha casar e ter o seu lar…. pensei que estava preparada quando fosse a vez da caçula….ledo engano doeu muito mais…. e agora os netos……são nossos netos….mas não são nossos????….nem nossas filhas são nossas????? então o que temos na vida???? ….Nada… somente a missão de cuidar, educar, e ensinar a voar…seus próprios voos…mas que dói….hã isso dói….. amo demais a minha familia…. <3

  7. Um texto no qual rodas as mães deveriam ler e cair na realidade que , criamos nossos filhoa para o mundo e não para guardarmos em uma caixinha de fósforo.

  8. Lindo e verdadeiro

  9. maria cristina huber

    Eu estou nessa fase agora…. meu filho vai casar…. meu ninho ficará vazio…eu meu marido e meu gato…. o bom dessa historia e que minha filha vai ter minha netinha daqui 15 dias e vou poder cuidar dela….agradecida….por Deus…

  10. Passando por isto. Um misto de orgulho e angústia. Soluços que se misturam com sorrisos… Um daria tudo por aqueles pulos nas minhas costas de novo…

  11. Lindo texto…
    No meu caso, q estou tendo mt dificuldade de lidar com este momento, está sendo apropriado!
    Tenho um medo inexplicável a cada saída, a cada madrugada, a este distanciamento q me dá a sensação q ñ faço mais parte.
    Realmente tenho q me permitir para q ele possa alçar seu vôo!
    É muito amor envolvido!!!

  12. Realmente. foi dito com a naturalidade que gostariámos de aceitar essa nova
    realidade.
    Sinto pq fiz o que dei conta mas sei que não foi o melhor que eu poderia ter
    feito, por amor, pela falta , pelo desapego fiz, não me arrependo mas poderia ter feito bem melhor.

  13. Voar mas nunca esquecer de onde partiu

  14. Texto muito lindo. Gostaria de receber mais textos. Obrigada

  15. Sim, concordo que é preciso…
    O duro é saber que estão voando, querendo ser independentes, não temos mais controle sobre a decisão e sabemos que ainda não estão preparados… Aí sim o sofrimento será inevitável tanto para os pais e o próprio…
    Existem filhos imaturos e acham que são unipotentes…

  16. Luiza MitieSakata Nobile

    Texto profundamente reflexivo e verdadeiro.

  17. Pura realidade, muito verdadeiro, acho até bem menos do que a realidade da vida.

  18. Meu Deus! Esse texto tem tudo a ver comigo, parece estar contando a minha história…Lindo demais!

  19. É… mas os filhos estão voltando… desemprego, separação…

  20. – belo texto de Rubem Alves.
    A alegria é ver as conquistas, a liberdade com resposabilidade!

  21. Ivete Gomes Alves Rezende

    Meu filho tem 27 anos e um dia foi morar com a namorada. Filho único, sofrimento e tristeza.
    Fui tentando me acostumar e quando estava menos triste, após um ano ele pediu para voltar. Até agora não sei se devo ficar feliz ou triste porque sei que vai acontecer de novo.
    Tudo de novo…….

    .
    .

  22. Emocionante e verdadeiro , passei por esse momento com meu filho mais velho que já tem dois filhos e agora estou passando com meu caçula. Estou me preparando novamente para quando chegar a síndrome do ninho vazio. Apesar dos destemperos da adolescencia ……feliz estou pois ele está formando opiniões e tendo a oportunidade de viver e refletir Sobre o viver … Ele é tão feliz.. Vive cantando e tocando …Parabéns Rubens Alves por colocar em palavras uma vivência …. Gratidão!

  23. Aiiii que lindo e totalmente verdadeiro….filhos para sempre…alem da eternidade!!!!

  24. Eliete Antonia Rocha de Brito

    Que maravilha poder ler um texto como esse.Fico gratificada! Obrigada amigo!

  25. Amei o texto, tudo haver com o momento que estou passando agora. Não teria como expressar melhor o meu sentimento.

  26. Verdade, queremos eles cresçam mas que cresçam perto de nós

  27. Se a mulher cultivasse a presenca do marido e fizesse planos e programas com ele a saida dos filhos de casa seria muito mais amena!!!

  28. Maravilhoso…verdadeiro mas…tão duro e tb preocupante no mundo de hoje.

  29. iolanda Ramos Goncalves

    Essa é a verdade que toca o coração e da vontade de chorar

  30. Me chamo Cecy Camargo, e hoje por acaso entrei na página de vcs.Não poderia deixar de parabenizar o texto,” Qdo nossos filhos voam”, adorei, e o que esta pautado alí é a pura verdade.Dedicamos à êles tudo que nos é possivel, e um dia, eles partem.Parecem um passáro, voam para seus ideais,para uma nova vida, enfim. Nêsse texto é exatamente o que nós pais,nunca estamos preparados. É bom até para pensarmos um pouco, quando chegar o momento das despedidas.Obrigada pela oportunidade em ler algo
    tão interessante, começarei a meditar.Abraços.

  31. Lindo e verdadeiro!

  32. Texto maravilhoso!
    É desse jeito… Como dói… estou passando por isso, saudade que não tem fim… Uma distância pequenina… E quilômetros inseparáveis… Visitas rápidas… Enfim separados não por que queremos, eles precisam seguir na construção de seu lares… Quanto a recolher minhas asas, eu digo só quando eu morrer… Amor que não tem fim…

  33. É verdade eles crescem e temos que. deixa-los voar, sempre disse os filhos são para o mundo. eles assim como nós um dia hão de bater asas .

  34. Sem palavras

  35. Vi meus filhos fazerem o que eu também fiz. Sair da casa dos pais com 20 anos para conquistar a independência de todos as maneiras. Não sabia o quanto a minha mãe sofreu quando saí de casa, até meus filhos também fazerem o mesmo que eu. Não tive tempo de falar para a minha mãe o quanto é sofrido, mas, necessário pois ela partiu antes de acontecer comigo o que aconteceu com ela. Hoje sei……mas a independencia dos filhos se faz necessário sim…..

  36. Mensagem linda e verdadeira. ..Foi um grande escritor. . Suas mensagens são realmente maravilhosas.

  37. Acho muito bom esse inspirado ser que passou a ser meu porta vós elw traduz o meu pensamento não é atoa ser um psicanalista e dos bons hein

  38. Temos que nos preparar, mas confesso que quando chegou a minha hora sofri muito. Mas como sempre dizem, Deus fecha uma porta e abre uma janela, nessa hora chegaram meu adorados netos que hoje são a minha razão de viver. Os filhos embora tenham a mesma criação agem diferente quando resolvem formar os seus próprios ninhos, tive a graça de um deles ficar sempre voando por perto e retribuir o carinho e o amor com que foi criado, pois mesmo sabendo que isso é errado abandonei aminha vida meus sonhos para guiar sempre seus passos, mas com a graça de Deus hoje sao homens felizes, e com certeza também saberão dar o mesmo exemplo aos seus!!

  39. Lindo texto e verdadeiro. Assim é a consequência da nossa vida como mãe e pai ou os dois em um somente ser que ama incondicionalmente o seu filho.

  40. Elisabete Maria santos

    Que lindo quanta verdade e vida expressa em poucas palavras.

  41. Francilene coelho de lima

    Ao este texto lindo! Senti uma dor enorme..a dor da saudade

  42. Vera Galvão Ornelas

    Texto lindo. E ficamos de longe vibrando com as conquistas, as vitórias, as vezes escorregam aqui, levantam acolá , o nosso coração aperta, nos intrometemos algumas vezes rzrzrz e somos ouvidos; outras vezes nem tomamos conhecimento. Mais o que me consola são as misericórdias do SENHOR que se renovam a cada manhã na vida deles.

  43. Tanta verdade em palavras que foram sabiamente juntadas, frases lapidadas que tão bem traduzem sentimentos vividos! Rubem Alves que me encanto!

  44. Fantástico este texto, pois neste momento estou vivento essa experiência, pois meu sobrinho e afilhado está indo pra outra cidade pra fazer a faculdade.Quantos momentos de inovação estou vivendo, e neste texto fala sobre esse momento com muita clareza e precisão.Serviu pra fortalecer os meus pensamentos de que vale pra apena viver essa experiência.

  45. Vilmari Bodruc Chiarle

    Lindamente triste…verdade FELIZ❤🎈

  46. Maravilhoso e pura realidade!

  47. Fatima dos Santos Machado

    Puxa que lindo ! É verdade verdadeira criamos os filhos para da- los para a dona liberdade, eles são. Como pássaros loucos pra voar. Quem ama liberta. Então viva a liberdade ! 😍

  48. Muito obrigada por um texto tão lindo!

  49. Assim é nosso amor.

  50. MÃE DESNECESSÁRIA
    Amo muito meus filhos mas não penso em tê-los só para mim. Creio na mãe desnecessária esta é a melhor.
    Mãe desnecessária e aquela que faz os filhos aprenderem a voar sozinhos sem sentir falta por qq coisa só mesmo pela saudade.
    Quero meus filhos independentes para serem felizes.
    Eles têm pai e mãe, mas são tb filhos de Deus que está sempre com eles e eu não preciso me preocupar

  51. O MEU FOI PRA NUNCA MAS VOLTAR MAS DE TODA FORMA CONTINUA DENTRO DE MINHAS ANGUSTIA DE PERCA DE GRANDE SOLIDÃO. POIS Ñ ERA SÓ UM FILHO ERA TAMBÉM MEU GRANDE AMIGO. MAS SI FOI SEM PODER DIZER ADEUS.TENHO MEU CORAÇÃO DILACERADO. NUNCA MAS VOU PODE-LO ABRAÇAR.BEIJAR.HOUVIR SUA VOZ.Ñ HÁ COMO DESCREVER A DOR DE UMA MÃE QUE PERDE UM FILHO.

  52. Isso é a mais pura verdade.! Já passei por todas essas etapas, e a conclusão que chego é que sempre os quero por perto, mas sem dominá-los ou sufocá-los. Eles precisam viver a vida deles e trilhar os caminhos que todos nós trilhamos para lá na frente ver os resultados.

  53. É, sabemos de tudo isso, mas é uma dor calada e fria. Mas passa como tudo na vida. Então seremos nós … aprender novos passos, nova coisas, a dormir fora de casa , viajar …. Será um recomeço….
    .

  54. Comercei a ler este texto e a vontade de chorar foi imensa sempre pensei que estivesse preparada para este momento …mas é meio difícil de se preparar faz um mês que minha filha se casou e enfim senti o ninho vazio …… Agora,tenho que me desapegar 🙁🙁

  55. Viver é isso, deixar que eles levem a vida deles e nos acostumarmos em ser a retaguarda. Mas às vezes eles partem para muito longe e só votaremos à vê-los quando partirmos desta vida. Continuemos em nossas orações sendo a retaguarda deles. Isso é o exercício mais bonito de doação por um ser que voou de nosso ninho um dia.

  56. Lindo texto, é exatamente o que eu sinto.

  57. o importante é aproveitar o pouquíssimo tempo que se tem com os filhos enquanto são pequenos, porque passa muito rápido e, depois, já era.

  58. Maria Aparecida Pereira

    Sem dúvidas nenhuma, criamos os filhos para voar, não é fácil! Mas Deus os emprestou para que os educa-se-mos até o dia do vôo! Mas que não é fácil, não é!

  59. Belo texto. Uma simples correção: Se não me falha a memória, o mesmo seja da escritora Deborah Dubner e não de Rubens Alves. Deborah Dubner
    DEBORAH DUBNER
    Psicóloga, diretora do http://www.itu.com.br e escritora. Autora dos livros “A Vida em Versão Original” (em co-autoria com seu marido), “Dançando a Vida” e “O Poder Terapêutico e Integrativo da Dança Circular”. Focalizadora de Danças Circulares Sagradas.

  60. Esse belíssimo texto NÃO É do Rubem Alves. Sua autora é Deborah Dubner, psicóloga, diretora do http://www.itu.com.br e escritora. Autora dos livros “A Vida em Versão Original” , “Dançando a Vida” e “O Poder Terapêutico e Integrativo da Dança Circular”. A confusão ocorreu porque ela o introduz com um pensamento do Rubem Alves. Seria legaç fazer a correção para não espalhar o erro. Que acham? Deixo o link para confirmação: http://www.itu.com.br/artigo/quando-os-filhos-voam-20100201

  61. Amei este artigo de Rubem Alves.Pura verdade quando menos esperamos é chegado o momento da partida.Ai ficamos sem ação;Mas nossos filhos precisam seguir em frente!!!É a realidade…….

  62. E a vida seguindo seu curso.
    Foram 4 filhos q criaram asas e voaram para o mundo
    E “EU” ,Não consigo acostumar sem eles.
    Estou doente ,sinto uma solidão
    Me sinto impotente .😰

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *