Arquivo do dia: Maio 3, 2011

HOMENS INFLUENCIANDO POSITIVAMENTE ONDE ESTIVEREM 2 Re, 5.1-19 – PARTE I

Você poderia falar as seguintes palavras: “Minha situação é irrecuperável, e não tem jeito quanto a influenciar alguém a conhecer ao Senhor Deus onde estou trabalhando/estudando”, ou, até simplesmente: “você é que não conhece minha casa, pois, para outros pode ter jeito, lá em casa não há mais esperança”.
Este texto de 2Reis prova que, independente das adversidades, é possível ser uma benção onde estamos.
Veja como a empregada de Naamã estava em um ambiente difícil e totalmente contrário a essa proposta e conclua por si mesmo:
1) Ela Estava Longe de Casa – quando a Síria invadiu Israel, essa menina foi seqüestrada e levada para uma terra a mais ou menos 400 Km de sua casa. Não havia, de maneira alguma, como se comunicar com sua família.
Talvez, nem soubesse onde sua família estava – poderiam ter se tornado escravos em outras casas ou cidades da Síria.
Longe de casa pode acontecer um esfriamento dos valores éticos. Seus pais longe estavam, então, não há nem como se pensar em se acompanhar o fortalecimento moral dos seus.
– Pode acontecer que, se “fossem férias” – haveria também “de serem de Deus”.
– Esfriamento na fé.
– Conseqüências de uma depressão muito forte (pela solidão).
– O isolamento de seu povo produz saudades. Apesar disso, ela floresceu ali.
– Você também pode florescer ainda que venha ser o único cristão na empresa em que trabalha, ainda que seja o único aluno evangélico de sua escola ou faculdade ou viva debaixo de um jugo desigual em sua casa.
– Ainda que as circunstâncias fortes e inevitáveis tenham arrancado você de sua terra e de sua gente.

Saibamos entender a importância de como podemos ser homens influentes nas mais diversas localidades. O Senhor certamente nos ajudará, em Jesus Cristo.

Bel. Marcos Ramos
(Secretário de Espiritualidade da U.P.H. da I.P.C.A.)