Monthly Archives: maio 2011

Junta Diaconal da IPJ se reune, faz avaliações e atualiza sua agenda

Diáconos Eliezer Gomes, José Bernardo, Franklin Keil, Assis Sobreira e Ivanildo Bezerra

A Junta diaconal da Igreja Presbiteriana de Jaguaribe reunida nesta segunda feira, dia 30 de maio, fez uma avaliação geral de sua atuação durante este ano, bem como uma reflexão sobre questões internas e existenciais de seus membros.

Informes e novas atividades tambem foram tratados em nossa reunião que construiu um documento que será levado ao conhecimento do Conselho da Igreja em sua próxima reunião.

Os Diáconos da IPJ falaram também das atividades que serão realizadas nos próximos dias, tais como: O Work Shop promovido pela Sec. Presbiterial de Apoio às Juntas diaconais, o Jantar para homens promovido pela UPH e continuidade da Campanha de Arrecadação de donativos em favor das vítimas das enchentes que ocorrem em nosso Estado.

As 21:30hs o Presidente Assis Sobreira encerrou os trabalhos convocando nova reunião para o dia 05 de Julho do corrente.

da redação.

 

PL 122 significa mordaça e sensura à Palavra de Deus – Proteste de alguma forma. Não podemos aceitar isso!

Entre no site www.senado.gov.br/senadores e envie para os representantes do seu estado: “Sr. Senador, rejeite a PL122/2006. Em favor da família, em favor da liberdade de expressão e abaixo a pedofilia.” Quem desejar pode ainda enviar esse pedido para os senadores dos demais estados da federação.

Artigo 4º: Praticar o empregador, ou seu preposto, atos de dispensa direta ou indireta. Pena: reclusão de dois a cinco anos.

Artigo 8º-A: Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público, em virtude das características previstas no artigo 1º desta lei. Pena: reclusão de dois a cinco anos.

Comentário: Isto significa dizer que se um pastor, ou padre, ou diretor de escola — que por questões de princípios — não queira que no pátio da igreja, ou escola haja manifestações de afetividade, irão para a cadeia.

Artigo 8º-B: Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs. Pena: reclusão de dois a cinco anos.

Artigo 16º, parágrafo 5ª: O disposto neste artigo envolve a prática de qualquer tipo de ação violenta, constrangedora, intimidatória ou vexatória, de ordem moral, ética, filosófica ou psicológica.

Comentário: Aqui está o ápice do absurdo: o que é ação constrangedora, intimidatória, de ordem moral, ética, filosófica e psicológica? Com este parágrafo a Bíblia vira um livro homofóbico, pois qualquer homossexual poderá reivindicar que se sente constrangido, intimidado pelos capítulos da Bíblia que condenam a prática homossexual.

O Brasil é formado por 90% de cristãos. Não queremos impedir ou cercear ninguém que tenha a prática homossexual, mas não pode haver lei que impeça a liberdade de expressão e religiosa que são garantidas no Artigo 5º da Constituição brasileira. Para qualquer violência que se cometa contra o homossexual está prevista, em lei, reparação a ele; bem como assim está para os heterossexuais. A PL-122 não tem nada a ver com a defesa do homossexual, mas, sim, quer criminalizar os contrários à prática homossexual — e fazem isso escorados na questão do racismo e da religião. 

Central Presbiteriana visita Casa de Apoio da Fetag e oferta cestas básicas para abrigados

 Em mais uma atividade de Assistência social, a Central Presbiteriana de Apoio às Vítimas de calamidades CP-AVC visitou na tarde deste sábado, 28/05,  a Casa de Apoio aos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais da Fetag – PB.

A Casa de Apoio da Fetag (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba) existe desde de 2008 e tem como principal objetivo acolher pessoas vindas do interior do Estado que aqui se submetem a tratamentos de saúde. Geralmente são pessoas humildes e sem condições financeiras para se manterem  na Capital do Estado durante o periodo de tratamento.

Na casa, os abrigados, sempre com problemas sérios de saúde, tais como: Câncer, hemofilia e patologias respiratórias e cardíacas, entre outros, têm o conforto oferecido pela excelente estrutura da casa, com camas limpas e arrumadas, ventiladores, sanitários, quartos bem cuidados  e tudo mais, porém, a partes alimentícia e medicamentos dependem de contribuições.

A nossa visita à Casa foi das mais interessantes, oportunidade em que os Diáconos conversaram bastante com os abrigados e conheceram as instalações, por sinal, muito elogiada por todos.

A CP-AVC levou para os abrigados que são oriundos de várias regiões do Estado, cinco sextas básicas e ao final da visita todos oraram em agradecimento a Deus pelas vidas alí presentes, com súplicas de restauração.

Membros da CP-AVC chegando à Casa de Apoio: Diáconos: Luiz e Milton da IPB de Bayeux, Francisco Brabosa da IPB Filadélfia e Luiz Claudio da IPB dos Bancários

 

Os abrigados falaram sobre suas realidades aos irmãos da CP-AVC. Muitos sequer tem dinheiro para se locomoverem aos hospitais para exames e/ou internamentos.

 

As esposas e outros familiares tambem são acolhidos na Casa enquanto acompanham seus enfermos internados em hospitais na Capital.

 

Durante a palestra descontraída, os Diáconos falam para os abrigados sobre o Amor de Deus para conosco. Um momento de Evangelização.

 

A equipe visita as áreas internas da Casa e se impressiona com a excelente estrutura, organização e limpeza.

 

Este é o senhor Sebastião Rufino, da cidade de São Gonçalo, sertão paraibano. Ele se recupera de cirurgia cardiáca.

 

Durante a visita houve um momento especial de Oração e Ação de Graças ao nosso Deus.

 Da redação com fotos do Diácono Eliezer Gomes

UPH do Sertão realiza eventos comemorativos nos meses de maio e junho do corrente

Irmão Assis Abrantes - Presidente da FOPB.

Registramos com alegria, notícias vindas do nosso querido Sertão paraibano sobre as atividades realizadas e a serem realizadas naquela região pelos valorosos homens de nossas UPHs.

Da parte do Presidente da Federação Oeste da Paraíba vem a informação da atividade de comemoração do aniversário da UPH de Betânia em casinha do homem, no último dia 14 de maio.

Lá esteve prestigiando as festividades de aniversário da UPH, o Presidente da FOPB, nosso  amado irmão Assis Abrantes que por sinal, foi o pregador da Palavra de Deus naquela oportunidade.

O Irmão Assis Abrantes aproveitou, em seu comunicado, para convidar todos os irmãos e irmãs para se fazerem presentes ao encontrão de UPHs que se realizará na cidade de Pombal, no próximo dia 25 de junho, a partir das 14 horas, com o Culto à noite.

Aos nossos irmãos sertanejos o nosso abraço afetuoso, o apoio e a palavra de incentivo para que continuemos Confiantes em Jesus, entusiasmados na Ação e Unidos Fraternalmente.

Forte abraço,

Em Cristo,

Eliezer Gomes

Pres. da Confederação Sinodal Paraíba do Trabalho Masculino

.

Campanha em favor das vítimas de enchentes em nossa região recebe apoio da IPB do Bairro dos Estados.

Rev. Alexandre Mendonça

Iniciada no dia 08 de maio do corrente ano, a campanha desenvolvida por nossa Secretaria através da Central Presbiteriana de Apoio às Vítimas de Calamidades – CP-AVC continua em plena vigência.

Na primeira etapa tivemos um excelente resultado com arrecadação de mais de 1.300 itens entre roupas, agasalhos, calçados, alimentação e outros donativos que foram enviados e entregues a Igreja Presbiteriana de Santa Rita para distribuição com as vítimas das ultimas enchentes naquela cidade.

Nessa nova etapa de nossa campanha, a coordenação que é composta pelos representantes das Juntas diaconais de nossas Igrejas, analisando a situação em que se encontram algumas áreas na cidade de Bayeux, resolveu destinar todos os itens dessa nova fase para às vitimas alí residentes, cuja distribuição será feita pelos membros da igreja presbiteriana local conforme contato com o Reverendo Alan que declarou total apoio a campanha.

Igreja Presbitriana do Bairro dos Estados adere à campanha.

Na tarde dessa ultima sexta feira recebemos com alegria uma ligação telefônica do Reverendo Alexandre Mendonça (foto), da Igreja Presbiteriana do Bairro dos Estados, em João Pessoa. O Reverendo Mendonça nos comunicou que estará dando início a campanha a partir desse final de semana em sua Igreja.

A Igreja do Bairro dos Estados já tem um histórico de trabalho social interessante, pois, toda semana atende a uma comunidade carente com o oferecimento de sopa, oportunidade em que leva aos desvalidos um acompanhamento também na área espiritual.

Louvamos a Deus pela decisão da amada Igreja em está conosco nessa ação em favor de nossos irmãos que estão enfrentando forte sofrimento causado pelas intempéries.

A Campanha continua, participe!

Veja  onde entregar sua doação ->  Igrejas Presbiterianas de: Jaguaribe (Diácono Eliezer Gomes – 8844-6818), Cruz das Armas (Diácono Everaldo Rodrigues – 8893-9228), Valentina (Diácono Flávio – 8838-1316), Bayeux (Diácono Luiz – 8827-5588), Mangabeira (Diácono Noel – 8843-7660), Bancários (Diácono Luiz – 8889-3419), Tambaú ( Diácono Tarcisio Junior – 8856-0854), Bairro dos Estados (Junta diaconal).

Forte abraço, 

Eliezer Gomes

Sec. Presbiterial de Apoio às Juntas Diaconais PSPB

PL 122 Manifesto Presbiteriano

Rev. Roberto Brasileiro, Presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana participou do Programa Verdade e Vida, respondendo questões sobre a polêmica Lei da Homofobia, conhecida como PL 122, que traz discussões sérias dentro das Igrejas cristãs reformadas. 

No Programa, dirigido pelo Presbítero Daniel Sacramento, Rev. Roberto Brasileiro respondeu a algumas perguntas que refletem a preocupação da comunidade presbiteriana, e esclareceu fatores de importância fundamental na defesa da fé cristã e orientação Bíblica.

Já no início do programa, Rev. Roberto declarou que não há sustentação Bíblica, ou mesmo na história da humanidade, para o casamento homossexual. “Deus quando criou o homem, Ele estabeleceu o homem masculino, a mulher feminina, e determinou que deveriam se unir, se tornar uma só carne e a partir daí a raça humana teria seu desenvolvimento natural. À luz das Escrituras Sagradas, a relação homoafetiva é uma relação pecaminosa, porque ela destrói a própria natureza da pessoa, ela elimina a possibilidade da pessoa exercer a vida dentro do princípio criacional estabelecido por Deus”. 

Na questão da PL 122, o Presidente do Supremo Concílio da IPB disse que mesmo respeitando as liberdades de escolha, a Igreja não pode aceitar a institucionalização de um ato pecaminoso. “Se aceitarmos, nós estamos dizendo que é possível vir a abençoar, e isso não é possível. Não podemos aceitar porque contraría o princípio bíblico, um principio criacional e um princípio de formação de família. Então, a igreja ficará sempre diante de uma situação de desobediência completa ao Estado, pois, se o Estado tomar essa decisão, a Igreja dirá ‘nós não podemos acatar uma decisão que determine que haja essa união’, porque nós não podemos abençoar essa união”. 

Muitos presbiterianos que acessam os canais de comunicação da IPB têm manifestado sua posição no que diz respeito à PL 122. Para Rev. Roberto Brasileiro, essa atitude deve mesmo permanecer, porque cada cidadão cristão tem o direito de defender, civilizadamente, sua fé e princípios. 

“A igreja tem que ter a ousadia de pagar o preço de ser Igreja e de cumprir a sua vida ministerial. A IPB adota como sua posição oficial a não aceitação de casamento homoafetivo. Para nós, nenhuma relação homoafetiva pode ser aceita, é um ato pecaminoso, contrário aos princípios bíblicos e doutrinários de nossa Igreja”, defende Rev. Roberto. 

Quando questionado sobre o papel do cidadão neste momento, Rev. Roberto conclama os cristão a cobrar de seus canditatos eleitos, um retorno que responda às expectativas da Igreja. “Eu creio que a Igreja deve orar e deve manifestar a sua vontade aos candidatos eleitos pelo voto dos cristãos, seja esse candidato evangélico ou não. Devemos mandar e-mails e devemos mostrar à sociedade a nossa posição e o porquê dessa nossa linha de ação”

Para o apresentador Daniel Sacramento, a posição da IPB é muito importante para nortear os presbiterianos para que permaneçam em seus princípios. “Nós não negociamos princípios, não negociamos os princípios da palavra de Deus”, conclui. 

Manifesto Presbiteriano 

Em abril de 2007, Rev. Roberto Brasileiro escreveu uma carta intitulada Manifesto Presbiteriano, em que defendia os princípios da IPB diante da criminalização da homofobia. No Portal IPB é possível encontrar o texto na íntegra (http://www.ipb.org.br/portal/noticias/504-manifesto-presbiteriano-sobre-aborto-e-homofobia), mas a seguir, o leitor terá acesso aos trecho específicos sobre o assunto. 

II – Quanto à chamada LEI DA HOMOFOBIA, que parte do princípio que toda manifestação contrária ao homossexualidade é homofóbica, e caracteriza como crime essas manifestações, a Igreja Presbiteriana do Brasil repudia a caracterização da expressão do ensino bíblico sobre o homossexualidade como sendo homofobia, ao mesmo tempo em que repudia qualquer forma de violência contra o ser humano criado à imagem de Deus, o que inclui homossexuais e quaisquer outros cidadãos. 

Visto que: (1) a promulgação da nossa Carta Magna em 1988 já previa direitos e garantias individuais para todos os cidadãos brasileiros; (2) as medidas legais que surgiram visando beneficiar homossexuais, como o reconhecimento da sua união estável, a adoção por homossexuais, o direito patrimonial e a previsão de benefícios por parte do INSS foram tomadas buscando resolver casos concretos sem, contudo, observar o interesse público, o bem comum e a legislação pátria vigente; (3) a liberdade religiosa assegura a todo cidadão brasileiro a exposição de sua fé sem a interferência do Estado, sendo a este vedada a interferência nas formas de culto, na subvenção de quaisquer cultos e ainda na própria opção pela inexistência de fé e culto; (4) a liberdade de expressão, como direito individual e coletivo, corrobora com a mãe das liberdades, a liberdade de consciência, mantendo o Estado eqüidistante das manifestações cúlticas em todas as culturas e expressões religiosas do nosso País; (5) as Escrituras Sagradas, sobre as quais a Igreja Presbiteriana do Brasil firma suas crenças e práticas, ensinam que Deus criou a humanidade com uma diferenciação sexual (homem e mulher) e com propósitos heterossexuais específicos que envolvem o casamento, a unidade sexual e a procriação; e que Jesus Cristo ratificou esse entendimento ao dizer, “. . . desde o princípio da criação, Deus os fez homem e mulher” (Marcos 10.6); e que os apóstolos de Cristo entendiam quea prática homossexual era pecaminosa e contrária aos planos originais de Deus (Romanos 1.24-27; 1Coríntios 6:9-11). 

Ante ao exposto, por sua doutrina, regra de fé e prática, a Igreja Presbiteriana do Brasil MANIFESTA-SE contra a aprovação da chamada lei da homofobia, por entender que ensinar e pregar contra a prática do homossexualidade não é homofobia, por entender que uma lei dessa natureza maximiza direitos a um determinado grupo de cidadãos, ao mesmo tempo em que minimiza, atrofia e falece direitos e princípios já determinados principalmente pela Carta Magna e pela Declaração Universal de Direitos Humanos; e por entender que tal lei interfere diretamente na liberdade e na missão das igrejas de todas orientações de falarem, pregarem e ensinarem sobre a conduta e o comportamento ético de todos, inclusive dos homossexuais. 

Portanto, a Igreja Presbiteriana do Brasil não pode abrir mão do seu legítimo direito de expressar-se, em público e em privado, sobre todo e qualquer comportamento humano, no cumprimento de sua missão de anunciar o Evangelho, conclamando a todos ao arrependimento e à fé em Jesus Cristo. 

Patrocínio, Minas Gerais, abril de 2007 AD.

Rev. Roberto Brasileiro

Presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil

UPH de Cruz das Armas realiza plenária e anuncia novas ações

O Diácono José Ronaldo preside a UPH da IPCA

Com a presença do Presidente da Confederação Sinodal Paraíba do Trabalho Masculino, Irmão Diácono Eliezer Gomes, a UPH da Igreja Presbiteriana de Cruz das Armas realizou mais uma plenária com seus membros.

Reunidos  para orar, estudar a palavra de Deus e preparar atividades vindouras, os homens confirmaram mais uma vez o interesse e a seriedade com que tratam o trabalho masculino.

O Presidente da UPH da IPCA, José Ronaldo abriu os trabalhos que contou primeiro com uma devocional e em seguida passou a palavra ao Reverendo Marcos Ramos que abriu a Bíblia em Marcos 14: 32-42, oportunidade em que fez a leitura alternando com a Igreja e logo após dirigiu uma reflexão sobre o texto lido.

Findo a pregação, o presidente da UPH local José Ronaldo deu vários informes, anunciou novas atividades e convidou o Diácono Eliezer Gomes que falou do planejamento da Confederação, previsto para o mês de Junho, parabenizou a UPH da IPCA pelo compromisso e pela organização, convidou os homens presentes para participarem do Work Shop que será realizado no próximo dia 17 de junho cujo tema será “Dominância Comportamental” e será ministrado pelo Presbítero Walter Lúcio Barbosa.

A UPH da IPCA é uma das mais atuantes do presbitério, e muito criativa. Segundo seu Presidente, o diligente Diácono José Ronaldo, nos próximos dias estará anunciando uma novidade, trata-se da UPH-Tour. Maiores detalhes na próxima reunião.

Com lovores, oração e recitação do moto, às 21 horas foi encerrada a plenária.

Eliezer Gomes, Pres. da Confederação prestigiou a plenária e falou do Work shop que será promovido no mês de junho.

 

O Rev. Marcos Ramos ministrou a Palavra de Deus.

 
 
da redação, Diácono Everaldo Rodrigues
 

Campanha em favor das vítimas de enchentes tem sua 1ª etapa concluída e donativos são encaminhados à IPB de Santa Rita

Uma ação coletiva liderada pela Secretaria Presbiterial de Apoio às Juntas Diaconais PSPB, marcou na noite desta 3ª feira, o encerramento da primeira etapa da campanha de arrecadação de donativos em prol das vítimas das últimas enchentes em nosso Estado.

Conforme divulgado anteriormente, a cidade escolhida pela CP-AVC para destino das arrecadações dessa primeira etapa foi a cidade de Santa Rita cuja Igreja Presbiteriana local através de seu Conselho, ficou responsável de estabelecer os critérios e providenciar a distribuição das ofertas.

Na noite desta 3ª feira toda a arrecadação da primeira etapa foi entregue ao conselho da Igreja através da pessoa do Pastor Marcel que se fez acompanhar do Diácono Ezequias.

Foi entregue a Igreja Presbiteriana de Santa Rita as doações do quadro abaixo:

           Central Presbiteriana de Apoio às Vitimas de Calamidades – CP-AVC

                                                                1ª Coleta

Item

Quantidade

Roupas – Peças Femininas

609 unidades

Roupas – Peças Masculinas

377 unidades

Roupas – Peças infantis

118 unidades

Calçados – Sapatos femininos

22 pares

Calçados – Sapatos masculinos

39 pares

Calçados – Tênis Infantil

02 pares

Calçados – Tênis Adulto

04 pares

Calçados – Sandálias femininas

07 pares

Calçados – Sandálias masculinas

02 pares

Calçados – Sandália Infantil

01 par

Agasalhos – Casaco, cobertor, Travesseiro, lençóis etc.

19 unidades

Toalhas – Cama, Banho e rosto

07 unidades

Acessórios – Bolsas femininas

03 unidades

Utensílios – Garrafas plásticas para geladeira

02 unidades

Brinquedos – Bonecas

02 unidades

Diversos

19 unidades

Alimentos – 16 kg de feijão, 14 pcts de Bolacha Cream Cracker, 28 pcts de  Flocos de milho, 18 kg de arroz,  10 pcts de macarrão, 13 kg de açúcar, 12 kg de farinha, 10 pcts de leite condensado, 01 pct de leite em pó

 

122 unidades

A campanha em sua primeira fase foi “coroada” de êxito e demonstrou o grande potencial de solidariedade existente em nossas Igrejas, fato este que nos reforçou o ânimo de continuarmos com esse trabalho em defesa dos desvalidos e vítimas das intempéries.

Aproveitamos a oportunidade para agradecer a todos os irmãos e irmãs que de várias maneiras estiveram contribuindo com esta campanha. Agradecemos também aos Pastores de nosso Presbitério que apoiaram e incentivaram suas Juntas diaconais.

Agora conclamamos aos irmãos e irmãs para que continuemos com a campanha nessa nova fase cujo destino dos donativos será a cidade de Bayeux onde várias localidades foram fortemente atingidas pelas chuvas.

Toda a distribuição na cidade de Bayeux será coordenada pela Igreja Presbiteriana daquela cidade, no bairro do SESI.

Participe tambem dessa nova fase da cmpanha…nossos irmãos em Bayeux estão passando por muitas dificuldades.

Veja abaixo algumas fotos da conclusão da primeira fase da campanha:

Diáconos de diversas igrejas carregando o carro para realizar a entrega em Santa Rita.

 

Já em Santa Rita os Diáconos começam a descarga dos donativos.

 

O Reverendo Marcel participando da descarga.

 

Conclusão da entrega: Os membros da CP-AVC oficializam a entrega dos donativos e logo após o Pastor orou a Deus.

Chuva desabriga 63 famílias na grande João Pessoa

De acordo com informações do Portal Bayeux em Foco, as pessoas tiveram que abandonar suas casas por conta do nível do Rio Paraíba que subiu com as últimas chuvas.

As chuvas registradas na grande João Pessoa ultrapassaram a média esperada para este  mês. Em poucas horas, o volume apontado pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa-PB) foi de 89,4 milímetros, superior aos 80mm que normalmente ocorrem ao longo do mês.

A Capital também tem o maior índice entre as 263 estações monitoradas pela Aesa. As chuvas foram registradas em apenas 45 delas, inclusive em Cacimba de Areia (84,5mm), São José de Piranhas (39 mm), Rio Tinto (57,7mm), Catolé do Rocha (20,8mm), Itapororoca (24mm), Cajazeiras (6,2mm).

Também em Santa Rita cidade em que houve  uma quantidade de água surpreendente, várias famílias ficaram ilhadas em de Santa Rita, na Grande João Pessoa. veja o vídeo.

Irmãos vamos arregaçar as mangas, coloquemos a central em ação. Todos os diáconos são convocados nesta hora. Que nosso Senhor Jesus possa colocar em nossos corações o desejo cada vez mais ardente de servir.

Deus os abençoe.
Diácono Luiz

Junta diaconal da IPJ visita a Irmã Sônia que encontra-se enferma

 

Visita a Irmã Sônia - Momento de Solidariedade e Agradecimento a Deus.

Já visívelmente recuperada, grata a Deus e feliz, a irmã Sônia que além de integrante da Igreja Presbiteriana de Jaguaribe, faz parte da Sociedade Auxiliadora Feminina – SAF – daquela congregação, recebeu no dia de ontem a visita da Junta diaconal da mesma.

Os Diáconos Walter Filho, Ivanildo Bezerra e Eliezer Gomes representaram, na ocasião, toda a Junta diaconal que é composta de sete Diáconos.

A irmã Sônia sofreu uma intervenção cirúrgica na última semana para efetivar a subtração dos ovários que há muito a incomodava. E o êxito da cirurgia foi ótimo, Graças a Deus.

A Junta ao visitar a Irmã enferma, levou uma palavra de apoio, solidariedade e principalmente uma porção da Palavra de Deus e um momento de Oração e agradecimento pela Graça alcançada.

A irmã agradeceu a nossa visita, ao tempo em que manifestou o seu desejo de logo, logo retornar às suas atividades na Igreja.

Louvamos a Deus pela vida e pela completa recuperação da irmã Sonia que  tambem é uma dedicada mãe de três filhos e serva zelosa do Senhor.

Junta diaconal da IPJ

UPH’s EM FOCO – 3ª REUNIÃO DE ORAÇÃO DOS HOMENS PRESBITERIANOS

Homens das UPHs na Igreja de Tambay em Bayeux – Culto de Oração – 21/05/11

Dando continuidade a nossa programação para esse ano, as Federações de UPHs – PPRB e PSPB realizram no último sábado, dia 21 de maio de 2011, no templo da Igreja Presbiteriana em Tambay, no municipio de Bayeux, a 3ª Reunião de Oração dos Homens Presbiterianos. Contamos com a representação das seguintes UPH’s: Sapé, Cruz do Espírito Santo, Tambay, Santa Rita, João Pessoa (PPRB); Mangabeira e Jaguaribe (PSPB), sendo 07(sete) UPH’s com 24 (vinte e quatro) sócios. Registramos a presença das seguintes autoridades: O Diácono Eliezer Gomes(Presidente da Confederação Sinodal de UPH’s – SPB), Presb. Wilson Martins (Secretário Sinodal de UPHs), Presb. Josafá Albino (Secretário Presbiterial das UPH’s – PSPB), Presb. Marcelo Fabian (Secretário Executivo da Conf. Sinodal das UPHs). Membro das Diretorias das Federações: Marcelo Fabian, Humberto Aranha, Maxsuel Lima, Marinésio Pequeno (PPRB) e Alexandre Balbino, Eliezer Gomes (PSPB). Registramos as irmãs das SAFs: Maria José, Cristina Cassimiro, Valquíria Lima (Tambay) e Socorro Aranha (J.Pessoa). Sentimos a falta de muitos irmãos e das suas respectivas UPHs… Irmãos a oração é algo importante para vida o cristão. E quando estamos juntos numa só fé, num só espírito e num só propósito, Deus nos honrará!!!

NOTA DE FALECIMENTO: Neste mesmo sábado, dia 21/05, por volta das 19:30hs, o irmão e membro da UPH Restauração: Severino Amaro da Silva veio a falecer. Damos nossas sinceras condolências aos familiares e os demais irmãos da Igreja Presbiteriana da Restauração. Que o Espírito Santo Consolador esteja agindo poderosamente nos corações dos seus famíliares, irmãos e amigos.

FIQUE POR DENTRO: JUNHO: 25/06 – 4ª REUNIÃO DE ORAÇÃO – Local: Igreja Presbiteriana de Jaguaribe. JULHO: 23/07 – 5ª REUNIÃO DE ORAÇÃO – Local: Igreja Presbiteriana Ilha do Bispo – AGOSTO: 27/08 – 6ª REUNIÃO DE ORAÇÃO – Local: Igreja Presbiteriana Cruz das Armas – sempre as 19:30 horas.

 

Textos e fotografias de Marcelo Fabian 

Igreja Presbiteriana de Mamanguape promove palestras para aspirantes ao oficialato

Diácono Eliezer Gomes - Secretário Presbiterial de apoio às Juntas diaconais PSPB

Atendendo ao convite do Reverendo Laerte Junior, da Igreja Presbiteriana de Mamanguape, o Diácono Eliezer Gomes e o Presbítero Wilson Martins ministraram, neste sábado, palestras para membros daquela Igreja que pretendem ingressar nos ministérios diaconal e presbiterial.

Ambos falaram sobre as principais atribuições dos dois ministérios e se colocaram a disposição dos presentes para dirimirem dúvidas e ouvir comentários e sugestões, gerando com isso um agradável e produtivo clima de interativiade.

A programação que começou às 10 horas da manhã com Wilson Martins abrindo os trabalhos que contou  ainda com um intervalo para almoço, foi finalizada com a palestra ministrada por Eliezer Gomes cujo tema foi  “A Missão do Diácono na Igreja Local.”

O Diácono Eliezer vem ministrado essa palestra para lideranças já há um bom tempo, tendo como base fundamental os ensinamentos bíblicos.

A Igreja de Mamanguape está se preparando para eleger sua junta diaconal bem como sua bancada de Presbíteros, portanto, as palestras vieram a calhar.

Wilson falou sobre o Ofício Presbiterial

 

Eliezer Gomes apresentou palestra sobre a Missão do Diácono na Igreja Local.

  
 
Aspirantes ao Oficialato da Igreja, os irmãos interagiram durante a palestra.
 
 

O Reverendo Laerte esteve presente apoiando o trabalho e anunciou que em breve será aberto o processo de eleições para Oficiais da Igreja em Mamanguape.

 
Da redação